Eleições: Indicados do banco são autuados por má gestão no SantanderPrevi PDF Imprimir E-mail
Qui, 20 de Julho de 2017 10:45

Na hora do voto para os conselhos Fiscal e Deliberativo do SantanderPrevi, o participante deve levar em consideração o histórico dos candidatos. Em gestão de trabalhadores, participantes não têm prejuízos!

Recentemente, o SantanderPrevi foi denunciado pelos representantes dos participantes na Previc por prejuízo estimado em R$ 36 milhões imposto aos participantes da carteira Moderado sem ações, decorrente de compra e venda de títulos decidida por administradores indicados pelo banco. Por isso, eles foram autuados pela Previc com multa individual de R$ 53 mil.

No ano passado, o Ministério Público instaurou inquérito para investigar irregularidades no fundo de pensão. Na decisão, o MPF menciona falhas de dirigentes em relação à governança, exercida sem transparência e má gestão dos recursos dos participantes e assistidos. O caso foi noticiado pelo Estadão.

Com isso:

- Os trabalhadores da ativa sofreram com diminuição de suas reservas em até 20%;

- Por conta do rombo causado, as aposentadorias sofreram severa deflação.

Você vai confiar seu dinheiro na mão de um indicado do Santander? Escolha quem tem autonomia nas decisões e vai proteger seu patrimônio.

>>> Conheça os candidatos

>>> Propomos mais transparência e fim da submissão ao banco

Vote na chapa dos representantes - Pela primeira vez na história do SantanderPrevi (antigo HolandaPrevi) - fundo de pensão de mais de 40 mil funcionários do Santander - serão realizadas eleições democráticas e transparentes para Conselho Deliberativo (1 vaga) e Conselho Fiscal (1 vaga). Importante destacar que foram 8 anos de luta para conquistar esse resultado, que só foi iniciado porque o banco foi obrigado a cumprir uma decisão judicial definitiva.

O processo eleitoral será realizado de 28 de julho a 3 de agosto, diretamente no site www.santanderprevi.com.br ou diretamente na área restrita do site via Link disponível no Portal RH do empregador.

A Afubesp, junto com os sindicatos de bancários, federações e a Contraf-CUT, indica votar em Orlando Puccetti Junior e Patrícia Bassanin Delgado, nomes que já lutam pelos direitos dos participantes há anos. Ambos foram, inclusive, integrantes do Grupo de Trabalho para debater as questões do SantanderPrevi com o banco.

Última atualização em Qui, 20 de Julho de 2017 11:12
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 79


Jornal

 

 



Todos os direitos reservados © 2017 - Afubesp - Rua Direita, 32 - 2º - São Paulo - CEP 01002-000
Telefone: (11) 3292-1744 - Fax: (11) 3107-9268 email: [email protected]

Design by Publisher Brasil | Web2a